domingo, 19 de agosto de 2012

O que lhe faz cantar?

O que lhe faz cantar, uma poesia?
Que as vezes trágica lhe trás uma lágrima
Que as vezes bela  traz-lhe alegria
Com a emoção de um novo acorde

O que é poesia além de um amontoado de palavras loucas?
Além de um beijo doce ou olhar de saudade
Na verdade, tudo é, até mesmo as rimas do silêncio com o vento
Do momento que vai além do fim da vista

Descubra que o vento é a brisa do horizonte
Que no cume tem força, que no chão acaricia
Assim escolha o que pretende usar de rima com vento
A agitação de um cume, ou a paz da terra

Em dias de guerra, a face é sangue
A poesia é arte, a foto é memória a narração é história
Na linha do asfalto há o limite entre pular e morrer ou ficar e viver
O que lhe faz cantar, a alegria?

O sol sabe cantar assim como a lua
No ar uma canção de cores chamado dia ou noite
A melodia da cansão depende apenas do relógio
O gênero depende da pessoa se será gótica ou punk
A escolha é de quem vive, que quem responde
O que lhe faz cantar?


4 comentários:

  1. Nossa, esse ficou muito lindo. Parabéns, parece um poema daqueles escritores consagrados. ;D

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Vlw mto obrigado! é quem sabe um dia eu não chegue perto de um consarado!

    ResponderExcluir
  4. Vlw mto obrigado! é quem sabe um dia eu não chegue perto de um consagrado!

    ResponderExcluir